Saúde bucal na terceira idade: Tudo o que você precisa saber

Quando se chega à terceira idade é preciso cuidar cada vez mais do corpo, e com a saúde bucal não é diferente! Veja a seguir dicas para ter um sorriso perfeito na melhor idade.

Chegar à terceira idade é um privilégio de muitas pessoas, inúmeras experiências, conhecimento, filhos, netos e por aí vai, mas e quando o assunto é saúde, mais especificamente bucal?

Bom, durante toda a vida é preciso cuidar bem da saúde, sempre com foco em prevenção, mas na terceira idade essa atenção deve ser redobrada.

De acordo com especialistas no assunto, os idosos têm mais tendência a desenvolverem doenças bucais que estão relacionadas ao enfraquecimento das gengivas e dos dentes.

A produção de saliva diminui, as lesões já não cicatrizam com tanta facilidade e assim o surgimento de cáries são facilitados.

Porém, saiba que é possível prevenir todas essas complicações e ter uma saúde bucal ótima na terceira idade! Quer saber como? Confira agora 5 dicas separadas especialmente para você.

1 – Hidrate-se

Uma vez que o corpo humano é de pelo menos 70% água, a hidratação tem papel determinante em seu funcionamento.

Em relação à saúde bucal na terceira idade, é natural que neste momento da vida o metabolismo seja mais lento e a produção de saliva minimizada.

Por isso, a hidratação além de estimular a produção de saliva e evitar mau hálito e acúmulo de bactérias na boca, ainda faz com que o restante do corpo “trabalhe” de maneira mais acelerada.

Sobre a quantidade de água ideal, ela varia para cada corpo, pois envolve peso, altura, dentre outros fatores. Sempre se consulte com um profissional especializado no assunto.

2 – Escolha bem os produtos de higiene bucal

Escovação dos dentes é o básico da higiene bucal, mas está errado quem acha que a limpeza pode ser realizada de qualquer forma e só com a  escova.

Então, na terceira idade, quando os dentes e as gengivas tendem a estar mais frágeis, procure utilizar escovas de dente com cerdas menores e macias para que seja possível fazer a limpeza entre os dentes e não ferir o tecido gengival.

O creme dental também é fundamental! Não use abrasivos pois eles contêm substâncias que podem prejudicar o esmalte dos dentes a longo prazo.

Enxaguantes também são ótimos para evitar doenças relacionadas à gengiva, mas não use os que possuem álcool em sua composição e peça sempre a recomendação do seu dentista de confiança.

3 – Conte com um plano odontológico

Quando o assunto é prevenção, visitar um dentista é essencial e para isso contar com um convênio odontológico individual de boa cobertura pode te ajudar muito!

O maior benefício que um plano de saúde odontológico oferece às pessoas na terceira idade é a tranquilidade de assegurar uma boa saúde bucal, ser atendida em momentos de emergências e pagar pouco por isso.

Dica: antes de escolher o seu plano odontológico tenha suas prioridades bem definidas para que seja possível contratar um que supere suas necessidades e expectativas.

4 – Use fio dental

Muitas pessoas não utilizam o fio dental por não acreditarem em sua eficácia, mas na verdade ele é importante para manter uma higiene bucal adequada.

O fio dental tem a finalidade de retirar os alimentos que ficam entre os dentes onde a escova não alcança e usá-lo regularmente previne uma série de doenças como gengivite, periodontite e cáries.

Dica de uso: aplique o fio suavemente entre os dentes sem forçá-los contra a gengiva e mova-o para frente e para trás. Se mesmo assim houver sangramento procure o profissional do seu plano de saúde dentário para uma análise adequada.

5 – Cuide da alimentação

Uma alimentação regrada traz benefícios ao corpo inteiro e com a saúde bucal não é diferente.

Portanto, convém reduzir a ingestão de alimentos ricos em açúcar, pois eles são acumuladores de bactérias que facilitam o aparecimento de cáries.

O ideal é sempre procurar por um profissional de nutrição antes de mudar a rotina de alimentação, porém alguns alimentos que costumam agredir gengivas e dentes são:

  • Café;
  • Chá;
  • Vinagre;
  • Condimentos (ketchup, mostarda, maionese);
  • Alimentos em conserva;
  • Refrigerante;
  • Álcool;
  • Alimentos com corante.

Observação: não quer dizer que você nunca mais poderá consumir os alimentos mencionados nesta lista, mas que é preciso ingeri-los moderadamente a fim de não prejudicar os dentes.

Saúde bucal é prioridade em todos os momentos da vida

Desde o dia em que conquistamos os primeiros dentinhos até nos tornarmos idosos, a saúde bucal tem extrema importância na nossa vida. Afinal, a boca é a porta de entrada de todos os alimentos e substâncias do nosso corpo.

Sendo assim, as 5 dicas apresentadas neste conteúdo vão ajudar você a ter uma boa saúde bucal e manter a qualidade de vida.

Para isso, mantenha-se hidratado, escolhe bem os produtos de higiene bucal, conte com um plano odonto de confiança, use fio dental, alimente-se bem e nunca deixe de visitar o dentista, somente ele pode analisar o seu caso com a ótica adequada e passar as orientações apropriadas.

COMENTÁRIOS

Dúvidas? Fale Conosco